Oração do Credo

Um credo (também conhecido como confissão, símbolo ou declaração de fé) é uma declaração das crenças compartilhadas da comunidade (muitas vezes religiosa) na forma de uma fórmula fixa que resume os princípios fundamentais. O mais antigo credo no cristianismo, “Jesus é Senhor”, teve origem nos escritos de São Paulo.

Credo (Português BR)

Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu na Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém


Credo (Latim)

Credo in Deum, Patrem omnipoténtem, Creatórem caeli et terrae. Et in Jesum Christum, Filium eius únicum, Dóminùm nostrum: qui concéptus est de Spíritu Sancto, natus ex María Virgine, passus sub Pontio Piláto, crucifíxus, mórtuus, et sepúltus: descéndit ad ínferos; tértia die resurréxit a mórtuis; ascéndit ad caelos; sedet ad déxteram Dei Patris omnipoténtis: inde ventúrus est judicare vivos et mórtuos. Credo in Spiritum Sanctum, sanctam Ecclésiam Cathólicam, Sanctórum communionem, remissiónem peccatórum carnis resurrectiónem, vitam aetérnam. Amen

Considerações sobre a oração

Significado principal: confissão, símbolo ou declaração de fé.

A palavra credo é particularmente usada para uma declaração concisa que é recitada como parte da liturgia. O termo é anglicizado do termo latino credo “eu creio”, o incipit dos textos em latim do Credo dos Apóstolos e do Credo Niceno. Às vezes, um credo é chamado de símbolo em um significado especializado dessa palavra (que foi introduzida pela primeira vez no inglês médio tardio nesse sentido), com base no latim symbolum “credo” (como em Symbolum Apostolorum = “Credo dos Apóstolos”), a partir do grego Symbolon “sinal, lema”.[5]

Algumas declarações mais longas de fé na tradição protestante são chamadas de “confissões de fé” ou simplesmente “confissão” (como, por exemplo, a Confissão Helvética). Dentro do evangelicalismo, os termos “declaração doutrinária” ou “base doutrinária” tendem a ser preferidos. As declarações doutrinais podem incluir posições sobre lecionário e traduções da Bíblia, particularmente em igrejas fundamentalistas do movimento King James Only.

O termo credo às vezes é estendido a conceitos comparáveis em teologias não-cristãs; assim, o conceito islâmico deʿaqīdah (literalmente “vínculo, laço”) é frequentemente traduzido como “credo”.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Credo

Veja também:

Ave Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *